31 de dez de 2010

Que venha 2011!

Ontem eu trabalhei de 07:30 às 16:30 h no caixa da loja em que trabalho. 9h em pé me fizeram chegar em casa totalmente cansada e aí comecaram os telefonemas pra ver com os amigos com quem vamos comemorar a virada se ainda faltava comprar algo, fazer algo pra hoje.... Aí ficamos vendo televisao e comendo azeitonas, paozinho com pate, salame e vinho. Aaaaai amo essas noites sem fazer nenhum esforoco físico ou mental :P

Na TV tava passando uma reportagem sobre os planos pra 2011 de várias pessoas e um psicólogo dava dicas de como fazer planos que realmente pudessem ser cumpridos. Eu nunca fui de fazer planos pro próximo ano na minha vida, mas refletir sobre o ano que passou sempre foi comigo. Adoro ver que conquistei coisas, que viajei, que curti, que nao passei o ano sem fazer nada de produtivo...

Em 2010 eu...

... tive a honra de receber o meu paizinho na "minha casa"! Foi umas das melhores coisas de 2010 mostrar pro meu pai onde eu "escolhi" morar, mostrar que eu to bem por aqui, que eu conquistei coisas que no Brasil seria muito difícil de conquistar sozinha: um ape, minhas coisinhas, minha vida do jeitinho que está. Passamos por cidades incríveis e valeu muito a pena!

... iniciei o meu projeto de conclusao de curso e estarei me formando em julho desse ano!!!! Quando lembro do meu desespero achando que nao ia dar certo estudar aqui..... Amo sofrer por antecipacao, hehehehe.

... tive a chance de ir cuidar da minha Vozinha no Brasil, que tava precisando da minha ajuda.

... mantive amizade com meus amigos verdadeiros e me distanciei de quem nao valia a pena!

... conheci muitas pessoas legais no mundo blogueiro.

... comprei um cachorrinho e sou uma pessoa muito, mas muito mais feliz por causa da minha filhota Elli.

Meu 2010 foi simples, rotineiro, mas muito positivo e eu espero muito que voces tenham um Ano Novo cheio de realizacoes!!!

Einen guten Rutsch ins neue Jahr!!!!!

24 de dez de 2010

Feliz Natal!!!!

Bom, só um motivo como o Natal pra me fazer escrever depois de tanto tempo! Mas to meio sumida por bons motivos: TCC e muito trabalho, entao acho que dá pra me desculparem, né?!

Mas eu nao to aqui pra falar disso, nao! To aqui pra desejar pra voces um Natal m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o ao lado de pessoas amadas, cheio de coisas boas e momentos inesquecíveis!

Eu trabalhei ainda ontem até às 23h e só pude vir pra casa dos pais do meu namorado hoje de manha. Estávamos com um medo tremendo de nao conseguir chegar porque as ruas na Alemanha tao uma loucura por causa da neve, muitos acidentes, trens sem poder sair do lugar, enfim... Mas chegamos a salvos e vou deixar uma préviazinha do que aconteceu hoje de manha por aqui...



com essas fotos já dá pra perceber como aeroportos, estradas e trilhos tao uma loucura, nao?!


Elli & Kimba


eu e minha "sogra" enfeitado a árvore que foi cortada do jardim


simplinha, mas fofa!

Beijo, pessoal!

26 de nov de 2010

Que pena, Rio!

Hoje eu acordei na verdade bem feliz por tres motivos... Primeiro porque acordei com o Stefan me avisando que estava nevando. Lá fora tava lindo, lindo! Nao cheio de neve, mas aquela camada fininha de neve já tava cobrindo o chao e os telhados das casas. Segundo porque fui passear com a Elli e foi a primeira vez na vida dela que ela viu neve e ficou l-o-u-c-a!!! Demoramos mil anos pra passear porque ela simplesmente nao conseguia se concentrar em fazer xixi, só queria ficar "caçando" neve com a boca, mordendo os flocos no ar, bem fofo. E terceiro, porque ao voltar pra casa pra tomar café, tinha um coracao em cima do meu prato e era um bilhetinho do Stefan (que a essa altura já tinha ido trabalhar) nos parabenizando pelo aniversário de namoro. Eu devo ser a namorada mais relapsa do mundo: nunca lembro de datas!

Mas na verdade o motivo que me leva a escrever esse post é a tristeza que andam as páginas de notícias brasileiras com o que anda acontecendo no Rio. E mais triste ainda é ver tanta gente inocente envolvida, ver que a guerra civil tá rolando solta, um fugindo do outro, queima de onibus, tanques de guerra...

Poxa, será possível que tem realmente que caminhar tudo dessa maneira? O Brasil é um país tao pacífico, porque? Porque?

E quem mora em Zonas que passam "longe" do acontecido ainda relata "nao, por aqui tá tudo normal!". Eu juro que eu às vezes me assusto muito com esse negócio de estar tudo normal. E nao to falando só sobre essa situacao. Mas infelizmente o brasileiro tá tao acostumado com a violencia que muitos acham "normal" ver um assalto aqui, uns tiros alí. E ainda dizem "o Brasil nao é tao perigoso como dizem, eu por exemplo, nunca fui assaltada!". Isso é normal?!

Eu quero deixar bem claro que sou totalmente contra esse negócio de viver fora do Brasil e depois meter o pau no próprio país. Eu nao suporto isso!

Mas o fato é que quando voce tem a chance de viver algo diferente disso, passa a comparar e isso nao tem como evitar. E pra isso nao se precisa morar fora do Brasil nao. Se voce mora numa cidade perigosa e muda pra um interior tranquilo, já sente obviamente a diferenca.

Eu lembro que antes de eu vir pro Brasil (apesar de eu nunca ter sido assaltada!) eu vivi duas coisas que me deixaram muito chocada. Eu fui deixar meu irmao no dentista e na volta, parei num sinal atrás de um táxi que tinha acabado de sair do estacionamento de um banco. Quando ví, vem uma moto com dois caras e comeca a atirar no táxi, no taxista, quebra o vidro do carro, tira uma maleta e sai correndo. Tudo que eu fiz foi engatar a marcha e fui com os carambas pra trás, sem ver se tinham carros ou nao. Eu tinha medo de levar um tiro. Cheguei em casa literalmente tremendo, apavorada...

Dias depois o meu tio e a família dele queriam se despedir de mim antes de vir pra Alemanha, foram no supermercado comprar pizza pra gente comer e quando eu vejo, eles chegam em estado de choque em casa. Porque? Simplesmente saindo do carro uns bandidos queriam a carteira dele e como ele tinha as sacolas na mao, ele tinha que se abaixar pra deixar as sacolas no chao pra pegar a carteira. Eles acharam que o meu tio ia regir e deram um tiro que passou de raspao no braco dele.

Agora eu pergunto: é realmente pra eu sentir orgulho por nunca ter sido assaltada?!

É lamentável sair de casa com medo, evitar falar no celular no onibus, ter seu celular roubado ainda na segunda prestacao, ter filhos que saem e ter que ficar em casa preocupado sem saber se ele vai voltar bem. Triste!

E lembro também que ano passado um dos meus maiores objetivos ao ir pro Brasil por 3 meses com o Stefan, era mostrar pra ele como o meu país era maravilhoso (e é!) e que, quem sabe.... um dia poderíamos ir morar lá.

Infelizmente nao precisou de muito tempo pra eu mesma ver nao era isso que eu queria pro meu futuro. E o Stefan também nao. Nós vimos nesses 3 meses pouca violencia, mas estávamos sempre com receio. Comprar pao a pé de noite no supermercado meio longe era perigoso, se a gente estacionava o carro na rua, tinha que entrar rápido e já travar a porta. Coisas simples que fazem a diferenca.

Aí lembro que liguei pra alguém que conhecia que morava temporariamente na Alemanha e contei que acho que nós vamos é ficar por aqui mesmo no futuro. Ela perguntou porque e eu disse que pela qualidade de vida, que eu quero que meus filhos no futuro brinquem na floresta, corram, vejam a natureza. E essa pessoa me perguntou "mas Karlinha, no seu prédio no Brasil nao tem Play pras criancas brincarem?". Deixo aqui só as reticencias..... sem comentários!

E aí, gente? O que voces pensam sobre tudo isso?

15 de nov de 2010

Outono

Oficialmente o Outono comecou por aqui no die 22 de setembro. O Outono é uma das estacoes do ano que eu acho mais mágica!

Vir pra Europa pra morar nunca foi um sonho meu. Meu sonho era vir pra passar um tempo e voltar pra casa. Mas como nem tudo que a gente planeja acontece, acabei ficando por aqui. Mas mesmo nao sendo um sonho, tem vezes que ando pela rua e penso "meu Deus, eu to aqui! Quem diria que eu, um dia, teria corajem de "deixar" tudo e vir pra cá!". E isso que já fazem 3 anos e 8 meses que eu estou aqui.

E eu to contando isso porque ontem eu fui num Parque que tem aqui perto de casa e quando ví a paisagem, me senti como num filme e pensei exatamente o que eu falei alí encima. E por isso o Outono me remete algo bom, paz, forca de continuar por aqui mesmo tao longe da minha base. O Outono me faz sentir mais energizada e o visual da natureza dá um pouco de mágica pra minha vida.

O Outono é incostante assim como muitos dos meus pensamentos: um dia faz sol e outro chuva. Ontem foi um dia realmente típico pra ir pra fora, aproveitar o calor. Sim, porque quando se faz 18º em novembro, tem que comemorar!!! E hoje tá frio, feio, fazendo 8 graus. Mas ainda assim, ainda dá pra sair de casa sem sofrer com o frio. Tá agradável.

Como hoje eu to meio saudosista, eu vou parando por aqui e deixo pra voces fotos do dia lindo que fez ontem!!





















E assim estava o tempo hoje, às 9h da manha, como se fosse noite ainda....

29 de out de 2010

Perguntas

No Post passado do Blog da Simone, o MADONNA STOLE MY STYLE, eu ví umas perguntinhas que achei bem interessantes e resolví colar na maior cara de pau!

O post de hoje vai ser, portanto, bem rapidinho!

Trabalhos que tive na vida (os dois primeiros ítens foram estágios!):
1. Produtora da Tv RBA (Band de Belém)
2. Assessora de Imprensa: Instituto Evandro Chagas, CESUPA (Centro de Educacao Superior do Pará) e da Celpa (Centrais Elétricas do Pará)
4. Au Pair
5. Faz-tudo num restaurante
6. Professora de Portugues pra estrangeiros
7. Vendedora numa drogaria
8. Vendedora/Caixa numa loja de roupas (atual)

Lugares que vivi:
1. Belém
2. Recife
3. Kelkheim, Alemanha
4. Oberursel, Alemanha
5. Frankfurt, Alemanha

Progamas de TV que assistia quando crianca:
1. Xuxa
2. Castelo Rá-tim-bum
3. Glub-Glub
4. X - Tudo

Programas de Tv que assisto - Nao assisto muito TV na Alemanha, maaaas:
1. Stern TV
2. Zu hause im Glück
3. The King of Queens

Quatro lugares que estive e voltaria:
1. Praga
2. Berlin
3. Porto de Galinhas

Formas diferentes que me chamam
1. Ká (minha melhor amiga Ló)
2. Kaká (meus manos)
3. Karlinha (muitos amigos)
4. Karlita (povo aqui na Alemanha adora me chamar assim)
5. Amori, Amor, Schatz (Stefan)

Quatro comidas favoritas
1. Churrasco
2. Filé a medalhao
3. Pastel
4. Quiche Lorraine

Quatro lugares que desejaria estar agora:
1. Belém
2. Salinas (na casa de praia da minha mae)
3. Londres
4. Croácia

Espero que este ano eu possa:
1. Dar um gás no meu TCC
2. Ter um Natal mais animado do que geralmente é aqui na Alemanha
3. Conseguir me concentrar mais
4. Guardar dinheiro pra minha viagem ao Brasil ano que vem

E aí, gente?! Que tal voces também responderem às perguntas no Blog de voces?!

Beijos e bom findi a todos!

25 de out de 2010

Jardim

Assim que cheguei na Alemanha eu ví uns terrenos em lugares meio afastados e em cada terrenozinho tinha uma casinha de madeira. Pra mim só podia significar uma coisa: essas eram as favelas da Alemanha!!!

Depois descobri que essas nao eram favelas. Eram "casas de jardim". Mas como assim jardim?! Quem é o louco que tem um jardim longe de casa?!

Os tais "Schrebergarten" sao os jardins que existem nas cidades que sao pras pessoas que moram em apartamento e nao possuem uma área verde, entao eles alugam esse terreno e podem plantar, cortar grama, relaxar lá.

Essa idéia pareceu pra mim por anos a coisa mais sem pé nem cabeca. Tá, um jardim é legal, mas que sentido faz ir nos seus únicos dias livres pra um jardim que nao seja na sua casa, pra plantar, colher frutos, entre outras coisas?!

Mas pra comprovar como a gente muda, eu e o Stefan estamos juntos com outros amigos a procura de um "Schrebergarten" pra gente!!! A idéia que antes parecia estranha eu acho agora simplesmente genial. As pessoas que moram na cidade ainda tem a opcao de estar mais em contato com a natureza através de uma coisa dessas.

O Stefan, que vem do interior, sente muita falta de "colocar a mao na massa", trabalhar, plantar algo, construir coisas. E eu acho isso maravilhoso e dou o maior apoio. A idéia comecou apenas por querer um lugar pra ficar com os amigos no verao. Porque fazer churrasco aqui ao ar livre é proibido (com excecoes, claro), nosso apartamento nao tem sacada, entao um jardim seria ótimo pra reunir o pessoal, fazer um churrasco, pegar um solzinho.

E por isso estamos há 2 semanas visitando vários jardins e já achamos o nosso! Só falta ser nosso oficialmente e comecar a organizar tudo pra quando voltar a ficar menos frio e iniciarmos o trabalho no jardim e a reforma da casinha.

Alugar um jardim desses é bem em conta. Custa somente 0,31€ por m² por ano. Ou seja, com um jardim de 300 m² nao se gasta nem 100€ por ano de aluguel. Daí só vem os custos de água e energia e no total se chega a uns 200 - 300€ anuais. O único custo é que tem que comprar a casinha que já está no terreno e dependendo da casinha, pode chegar a até 5 mil euros. Mas nós nao somos loucos e estamos a procura de uma casinha que nao esteja lá em ótimas condicoes, pra podermos reformar.

Pra voces terem uma idéia de como seja, aqui está uma foto aérea:

Viram como já tá tudo sem vida aqui? Tem feito um frio terrível, apesar do inverno nem ter chegado e ainda seja só início de outono =(

E aqui estao algumas fotinhos dos dois jardins que estamos interessados, vamos ver qual deles vai ser o nosso!





E aí, o que voces acham da idéia? Loucura?!

15 de out de 2010

Disciplina...

... essa palavra saiu pra dar uma volta faz um tempo e nao voltou mais pro meu dicionário.

Eu ando nos últimos dias até procurando na internet cursos de disciplina. Muitas pessoas tem problema com o tal de "Time Management", mas o meu problema ainda nem é esse, o meu problema ainda é bem mais "prematuro", eu simplesmete nao consigo me concentrar nas coisas, enrolo, enrolo e enrolo!

Tem dias que eu planejo acordar e limpar o meu apartamento. Mas aí eu acordo, tomo café, tomo banho, passeio com o meu cachorro, vejo mil vídeos no YouTube, leio um livro, brinco com o meu cachorro, almoco e quando vejo sao 15h e eu ainda nao limpei a casa.

Tem outros dias que eu planejo acordar e ler um texto pra Universidade (como hoje). Mas aí eu acordo, tomo café, tomo banho, passeio com o meu cachorro, vejo mil vídeos no YouTube, sento pra ler meu texto, cinco minutos despois brinco com o meu cachorro, sento de novo pra ler o texto, cinco minutos depois preparo meu almoco, sento de novo pra ler meu texto e dez minutos depois resolvo limpar a casa já que nao limpei ontem e nao consigo estudar com a casa suja.

Alguém já viveu isso?!

Essa semana seria a minha semana perfeita porque eu trabalharia só quinta e sábado, entao poderia atualizar todas as pendencias das semanas anteriores, já que tinha trabalhado muito. Resultado: hoje é sexta e ainda nao lí meu texto, consegui limpar o ape com a graca do Senhor ainda pouco, ainda to com uma carta na bolsa desde segunda e ainda nao passei no correio pra enviar e to me sentindo um lixo porque nao consigo fazer nada do que eu planejo.

Isso me deixa triste comigo mesma, mas apesar disso, eu nao consigo melhorar!!! Acho que isso é porque eu fui anos muito disciplinada e agora resolvi chutar e balde =(

Na época de faculdade no Brasil estagiava de 7 às 18h, 18:50h comecava a aula na faculdade e umas 23:30h eu tava em casa. No final de semana ainda fazia curso de alemao, tinha que estudar, fazer trabalhos, ver o namorado e ainda sair com os amigos. Mas mesmo com tanta correria, acho que eu era bem mais produtiva justamente porque eu tinha disciplina!

Fora que pro meu trabalho de conclusao de curso eu tenho que entrevistar diversos "experts" no meu assunto e mesmo depois de TRES MESES de férias, ainda nem sequer procurei na internet o E-mail dessas pessoas pra perguntar quando eles tem tempo. E as aulas comecam segunda-feira e me sinto o último ser da face da terra por nao ter feito absolutamente nada nesses longos tres meses.

E aí queridos leitores, dicas???

27 de set de 2010

Elli

Eu ouvi desde crianca que tudo o que eu queria tinha que ser feito e feito logo. Eu nao vou dizer que a minha mae estava 100% certa, mas também errada ela nao tava.

O que eu antigamente escutava dela, escuto hoje do Stefan, hahahaha.

Há semanas eu procurava cachorros na internet. Cachorros que foram abandonados, cachorros doentinhos, cachorros que precisavam só de alguém que fossem lá no orfanato pra passear 1 vez ao dia, cachorros do orfanato que estavam doentinhos e precisavam ficar por algumas semanas na casa de alguém.

Aí eu fui pro Brasil e voltei com a idéia ainda mais na cabeca: eu QUERO um cachorro!

E por mais que o Stefan quisesse também, aqui na Alemanha tudo tem que ser muito bem calculado, pensado, todas as situacoes futuramente possíveis cogitadas. O que às vezes eu acho bom e às vezes muito ruim. Nesse caso, acho bom porque a compra de um cachorro tem que realmente ser muito bem pensada, afinal, o seu melhor amigo ficará anos e anos com voce. Mas por outro lado, achava chato porque eu sei que quando a situacao chega voce é obrigado a se adaptar nela. O pensamento sempre era "quem vai passear com o cachorro às 7 da manha (se nao antes!) quando estiver nevando e -15º lá fora?". Mas na minha opiniao nao existe porque se preocupar quanto a isso, porque se eu compro um cachorro pra mim já tá mais que óbvio que independente de como estiver o tempo lá fora e a minha vontade, eu vou ter que levar o cachorro pra passear.

Cachorro aqui na Alemanha é caro. Paga-se imposto por ter cachorro, tem que fazer um seguro pro cachorro, porque aqui existe seguro pra tudo!! Se eu for visitar amigos e meu cachorro comer o tapete deles de 1 mil euros, eu posso acionar o seguro pra pagar. Mas eu acho isso sinceramente mais do que desnecessário. A nao ser que voce tenha um mega pestinha dentro de casa e que possa morder pessoas na rua e essas tenham que ser indenizadas.

Mas chegando ao ponto....

Depois de muita pesquisa, descobri que a raca mais adequada pra gente seria o Shih Tzu. Nao late muito, pode ficar sozinho numa boa e é pequeno. Daí comecei semana passada a pesquisa pra ver onde poderia comprar aqui na Alemanha e eis que ontem passamos 11 horas andando de trem pela Alemanha pra buscar a cachorrinha.

Ela é fofíssima, tem 14 semanas e se chama Elli. Olhem ela aí....



22 de set de 2010

Voltei!

Nossa quanto tempo, hein?!

Em primeiro lugar eu queria agradecer pelos comentários de melhoras da minha vozinha no post passado. Obrigada mesmo!

Bom... naquele dia do post eu acabei conseguindo comprar minha passagem pro Brasil só às 18:30h e às 20h eu já estava no aeroporto pra fazer o Check-in. Tudo foi bem corrido.

A minha chegada no Brasil foi tranquila e apesar de eu ter passar só 9 dias em casa, foi maravilhoso rever minha família e amigos, apesar das circunstancias. Antes de embarcar eu tava com muito receio de chegar em casa e encarar a realidade: clima pesado, todo mundo triste, ver minha vó no hospital cheia de aparelhos. Mas se tem uma coisa que eu aconselharia a qualquer pessoa que mora longe das pessoas que ama é agarrar qualquer oportunidade que seja e estar do lado deles nas horas difíceis.

Eu fui lá, ajudei no que pude e voltei pra "casa" com a sensacao de missao cumprida. No sábado passado minha vó voltou pra casa e se Deus quiser vai sair dessa. Mas uma coisa que eu percebi nesses 9 dias é que às vezes nós, seres humanos, somos muito egoístas e queremos ver a pessoa que a gente ama sempre do nosso lado independente do sofrimento que essa pessoa esteja vivendo. E isso é triste!!

Eu voltei na verdade no dia 3 de setembro de volta pra Frankfurt, mas como meu trabalho comecou de novo no dia 4 e eu desde entao to trabalhando umas 9 horas por dia, inclusive sábados, nao tive como atualizar o blog antes!

Agora eu vou mostrar pra voces o vídeo da minha chegada em casa:



Nao é fofo o nosso reencontro?! Só sei que já fazem 2 semanas que eu to sem parar procurando cachorrinhos da internet... Eu comecei procurando cachorrinhos pra adotar, mas o grande problema é que no "orfanato" de animais daqui de Frankfurt só tem cachorros grandes e por mais que eu seja louca pra ter um animalzinho grande, nao tem como aqui no apartamento.

Entao tava pensando em comprar um Shih Tzu, que é calmo, pequeno, nao late muito.... O ponto crítico da situacao é que eu estudo e trabalho, o Stefan trabalha e o cachorrinho teria que alguns dias na semana ficar umas 7h sozinho =(

Aí entra a questao se vale a pena ter um bichinho que fique umas 2-3 vezes na semana trancado dentro de casa por horas. Aí o Stefan acha que no inverno também vai ser um martírio sair 3x ao dia pra passear com ele. Nao sei o que faco!!!!

Quem de voces tem um cachorrinho? Ele fica sozinha em casa?

Um beijo!

23 de ago de 2010

Indo pro Brasil....

Pela primeira vez faco minhas malas pra ver minha família, mas com um frio na barriga, sem querer ir, com medo de enfrentar a realidade.

Sabe aquelas vezes que por mais que voce se sinta péssima por estar longe de todos, voce ao mesmo tempo fica é aliviada de nao estar vendo de perto coisas tristes acontecendo?!

Ontem recebi uma ligacao de que minha vozinha está muito mal e hoje, às 12h to arrumando minhas malas pra, mesmo sem passagem comprada, embarcar às 22h pra Belém.

Até logo, Brasil!

11 de ago de 2010

O melhor show da minha vida!!

Em 2006 o U2 fez um show no Brasil e eu me lembro como se fosse ontem do meu pai dizendo "eu pago tudo pra voce vir pra Sao Paulo ver o show"! Eu morava em Belém, ele em Sao Paulo e eu tinha tudo pago... MAS nao fui liberada do meu estágio. Aliás, isso é uma coisa que eu adoro aqui na Alemanha: flexibilidade. Coisa que nao se tem no Brasil no local de trabalho, salvo excessoes, claro!

No ano passado o U2 ia fazer um show em Barcelona na minha semana de provas da Universidade e outro em Berlim, exatamente 1 dia depois da minha viagem pro Brasil, o que eu obviamente nao podia adiar, depois de ficar 2,5 anos sem ver minha família.

E foi assim que eu achei que estava simplesmente escrito, era coisa do destino eu nunca poder ir pra um show da única banda da minha vida. Sim, porque eu nunca fui amante de nenhum ator nem na adolescencia, nunca preguei posters na minha parede, nunca escrevi cartas pros meus ídolos. Eu sempre fui muito pé no chao, mas UMA banda eu sempre amei: o U2!

Eu comecei a escutar U2 quando eu tinha uns 14 anos e fui comprando pouco a pouco com a minha mesada os CDs deles, chorei ao som de "With or without you" depois do primeiro "fora" de um menino que na verdade nunca nem soube que eu gostei dele e tentei convencer a minha melhor amiga a ter eles como a banda da vida dela, mas nao deu certo...

Até que no ano passado assim que cheguei depois de 3 meses no Brasil, fiquei sabendo que eles fariam mais um show em 2010 e melhor ainda: onde eu moro, em Frankfurt.

Fiquei louca, queria comprar na hora, mas o Stefan decidiu me dar como presente de Natal dois ingressos, um pra mim e outro pra ele. Compramos o ingresso exatos 9 meses antes do show.

E eis que ontem foi o dia tao esperado.... Eu nao tenho palavras pra dizer quanto eu A-M-E-I cada segundo do show de ontem, como eu cantei cada música, como eu dancei cada uma delas, como eu lembrei de diversos momentos da minha vida escutando eles ao vivo, bem na minha frente!

Sou uma pessoa de realmente pouquíssimo sonhos, mas eu posso dizer que um desses poucos eu realizei ontem!! Só agradeco ao meu amor, por ter tornado-o realidade e por ter estado do meu lado me vendo enlouquecer como ele nunca tinha me visto antes!!

Pra quem quiser ver como foi ontem, fiz uma compilacao de fotos e de diversos vídeos deles ao vivo na turne 360º no show em Frankfurt:

1 de ago de 2010

Atualizacao

Antes das férias iniciarem eu sempre pensei "ah, mal posso esperar pelas férias, assim posso atualizar o blog sempre!". E as férias chegaram e as atualizacoes em vez de virarem mais frequentes, ficaram é mais esporádicas!!

Mas esse é na verdade um lado até nada mal das férias, já que os planos que nunca podem ser colocados em prática por falta de tempo se tornam realizáveis.

Na terca-feira passada foi o meu aniversário, o meu terceiro aniversário na Alemanha e o único que comemorei com os amigos. Meu plano era reunir todo mundo pra fazer um churrasco na beira do Main (o Rio Meno), mas com o tempo meio chuvoso que estava fazendo por aqui, resolvi de última hora reunir todos em casa mesmo. Eu fiz bolo de cenoura, biscoitinhos de castanha do pará, mousse de maracujá, pastel, pao de queijo e salpicao. Tudo bem brasileiro pra matar a saudade dos convidados brasileiros e a curiosidade dos convidados alemaes.

A noite de um terca-feira junto com 15 convidados foi até às 2h da manha e me fez muito, muito feliz! Deu até pra de alguma forma amenizar saudade da família e amigos! Pra todos os que moram fora eu recomendo muito reunir os amigos que se tem por aqui, pois isso me fez recarrecar as minhas baterias. Receber os alogios dos amigos, ganhar presentes, nao tem igual!! Eu queria muito colocar fotos do dia pra voces, mas eu estou viajando e deixei a camera com as fotos em casa!

Eu à 00h do dia 27.07, abrindo os presentes do Stefan e do meu Pai

Aí na sexta de noite, viemos pra casa dos pais do Stefan que moram no norte do estado onde eu moro (Hessen). O Stefan conseguiu duas semanas de férias do trabalho e depois de muitas discussoes sobre onde poderíamos passar as férias, decidimos nao viajar pra muito longe. Com a mudanca pro ape novo gastamos muito dinheiro e temos que economizar agora.

No sábado fomos pra um supermercado estilo Makro que se chama Metro e compramos um pedacao de 3,5kg de contra filet do Uruguai e fizemos um churrasco ontem de noite.

Avós e mae do Stefan

Pai, irmao e Stefan fazendo o churrasco

eu acho lindo as montanhas que aparecem no fundo da foto

No mesmo dia fizemos um passeio a pé por aqui por perto de onde estamos. A regiao é cheia de natureza, lagos, montanhas e a cidade onde os pais do Stefan mora pertence à cidade de Edertal que tem 6 mil habitantes. Edertal é na verdade uma regiao cheia de cidadezinhas e a que os pais dele moram se chama Giflitz e tem apenas 900 habitantes.

Obviamente que nao podemos comparar a infraestrutura de uma cidade de interior da Alemanha com uma do Brasil: aqui tem escola, supermercado, onibus, trem e tudo o que se precisa. Mas acho que uma semana por aqui é mais do que suficiente, hahahaha.

lago com cisnes

Kimba o cachorro da família e Stefan tomando banho no lago


eu passeando com a Kimba

cegonhas sobrevoando a regiao (os pais do Stefan disseram que isso significa que algum bebe está a caminho, será?! hahaha)

eu amo flores do campo!

Stefan depois de levar uma lambidinha

E sao essas as atualizacoes da semana passada e início dessa semana! Hoje estamos indo por tres dias acampar num lago enorme chamado Edersee e vamos também alugar um caiaque pra andarmos no lago. Eu adoro acampar e desde que estou na Alemanha nao passei um verao sem acampar. Amo fazer fogueira de noite, colocar uma carne no fogo pra assar, colocar marshmallows no espetinho!

E logo, logo, estarei contando como foram os dias acampando!

Boa semana pra todos!

26 de jul de 2010

Novo projeto: Die FlipFlop Kiste

Hoje eu to passando pra explicar o porque que eu, mesmo de férias, acabei passando a semana passada inteira sem postar!

O motivo é um novo projeto meu e do Stefan que se chama "Die FlipFlop Kiste"! Esse foi o nome que a gente deu pro nosso mais novo Site, onde a gente está vendendo aqui na Alemanha as melhores sandálias do mundo: as Havaianas!

E eu vou contar pra voces como tudo comecou....

No ano passado eu passei junto com o Stefan 3 meses no Brasil. Foi definitivamente uma das melhores coisas que eu fiz nos últimos anos, foi o que fez recarregar minhas energias. Rever a família depois de 2,5 anos foi indescritível. Eu conheci o Stefan através de um programa da escola onde aprendia alemao que incentivava o contato dos alunos estrangeiros com alemaes que gostariam de aprender a nossa língua materna. E foi assim que comecamos a nos encontrar. Ele corrigia meus exercícios e redacoes em alemao e eu ajudava ele a aprender portugues.

Mas o que tem a ver o fato de como eu conheci ele com o novo projeto?!

Bom... o que eu quero dizer com isso é que ele é uma pessoa totalmente fa da minha cultura. Adora a lingua portuguesa, acha a comida do Brasil a melhor do mundo, adora a música brasileira e por ele, todas as nossas férias, seriam no Brasil. Isso eu acho extremamente importante. Imagina eu aqui sozinha e ainda com um namorado que nao se interessa nem um pouco pela minha cultura?!

E logo no comeco do nosso namoro eu pedí pra uma amiga que estava vindo pra Alemanha, trazer uma sandália Havaiana azul pra eu dar de presente pra ele. E foi assim que comecou a história... Na nossa ida no Brasil passamos por diversas lojas das Havaianas e ele comprou nao só inúmeros modelos das sandálias, mas a bolsa, chaveiro e toalhas das Havaianas.

Depois de 3 meses e um grande amor pela marca, decidimos que iríamos pensar na possibilidade de criar uma loja das Havaianas Online. Até porque nao faz muito sentido abrir uma loja por aqui, já que a maior parte do ano é frio. Entao uma loja online seria definitivamente a melhor das opcoes.

Iniciamos tudo com pedidos direto do Brasil, o que logo depois de um tempo nos foi proibido. As Havaianas tem um escritório na Alemanha e só podemos comprar deles aqui. Isso é na verdade uma pena, porque mesmo com o transporte do Brasil pra cá, mandar as Havaianas do Brasil sai bem mais barato que comprá-las aqui, mas regras sao regras. E os precos a serem vendidos aqui na Europa, também sao estipulados pelas Havaianas e rigidamente controlados.

A semana passada foi usada nao só pra criacao do site, mas também pra divulgacao do mesmo seja na própria Internet, como através da distribuicao de Flyers em Bares, Restaurantes e Lojas aqui em Frankfurt.

Antes de iniciar com a Loja Online, estivemos em diversos mercados ao ar livre e Festivais de Música de verao, testando a aceitacao dos alemaes às Havaianas. Assim podemos comprovar que há um grande interesse. A gente só espera que assim continue!

Pra quem estiver curioso:

Um bom início de semana a todos!

19 de jul de 2010

Freeeeei!!!

Nossa quanta saudade de escrever aqui! A saudade é tanta, que eu juro que acabei de sentar no sofá pra escrever e eu poderia englobar no mínimo uns quatro assuntos de uma vez só nesse post!

Mas pra nao ficar uma confusao só de pensamentos e idéias, vou fazer um assunto por post :P

Como voces sabem, eu passei as últimas duas semanas estudando sem parar. Literalmente sem parar. Eu tive muita sorte porque a loja em que trabalho fechou pra reforma, entao tive tempo pra me dedicar pros meus estudos, coisa que infelizmente nem sempre posso priorizar, porque de alguma forma se eu nao trabalho, nao posso me sustentar, entao o trabalho acaba sendo prioridade.

Eu acordava 8h da manha, ia pra aula, voltava e estudava sem parar até 20h, que era a hora que o Stefan chegava em casa e nós podíamos jantar juntos. Nos dias pré-prova, ele fazia o jantar e eu ficava até 00h ou 01h estudando.

Como eu já havia falado, eu tive duas provas orais, no qual já sei minha nota e fiquei super feliz!!! Eu tirei 2,0, o que no Brasil seria mais ou menos um 9,o. A prova oral foi a apresentacao do meu projeto de trabalho de conclusao de curso.

As duas outras provas escritas foram boas também, mas ainda nao faco idéia da minha nota. Quem é da área de Humanas, sabe como é.... Provas nessa área sao complicadas, porque nao existe uma resposta correta ou errada. Só depende do corretor.... Na primeira prova eu consegui escrever 7 páginas e na segunda 6 páginas. Na antropologia a quantidade de páginas é importante, porque se nao, significa que voce nao tem argumentacao suficiente ao tratar de um determinado assunto.

Na sexta-feira ao sair da prova eu tava me sentido uma pessoa tao leve! Quem nao conhece esse tipo de sensacao?! Aí no sábado foi o dia de colocar um pouco de ordem no ape aqui. Nas duas semanas tudo o que eu fiz foi aspirar a casa e colocar a louca na máquina de lavar. Mais NADA! E depois da arrumacao toda e limpeza, foi hora de cuidar de mim. Tive um dia bem spa por aqui :P

E ontem foi até agora o dia mais divertido de todo o verao. Um casal de amigos, a Jose e o Martin vieram nos pegar aqui em casa, pegamos mais uma amiga, a Leticia, e fomos pra um lago chamado Großkrotzenburger See. O lago é realmente lindo, água verdinha e mesmo no fundo transparente e por incrível que pareca, nao tao fria (aqui a água é sempre friiiiiiia!).

Ficamos lá desde às 12h até umas 18h e aproveitamos muito! Nós estávamos voltando de carro e o carro do Martin tinha teto solar. Aquele vento batendo no meu rosto me deu uma sensacao tao maravilhosa de liberdade, de verao, de estar ao lado de amigos. Sabem aqueles momentos meio mágicos que voce pára pra pensar na sua vida e só consegue sorrir, porque está tudo tao bom?! Só sei que quero ir pra esse lago todo o final de semana, hahahaha.


pouco tempo antes das alemas lindas ao nosso lado, comecaram a fazer topless


Stefan e Martin aproveitando

Aí na volta passamos na casa da Letícia, onde a gente já tinha deixado tudo pra fazer churrasco, pegamos as coisas e fomos caminhando pro Rio Main (Meno, em portugues). Lá a gente sentou na grama e fizemos um churrasco maravilhoso, com direito até a carne brasileira, farofa, mas óbvio sem deixar de lado umas salsichas alemas, hahahaha. E depois de muita comilanca e vinho, voltamos umas 23h pra casa.




eu, meu Schatz e a nossa churrasqueira no Main

E foi assim que foi o primeiro dia do verao europeu 2010, que eu pude aproveitar!

E como anda a vida de voces que passam por aqui?

5 de jul de 2010

Ausencia prolongada

Eu to passando rapidinho pra dizer que devido ao final do semestre da Universidade eu vou ficar provavelmente até a sexta, dia 16, totalmente ausente da blogosfera :(

Sao duas provas orais (uma foi hoje!!) e duas escritas. Mas aquela coisa de Antropologia básica: uma pergunta e no mínimo 5 páginas sao aceitas como resposta e isso em 90 minutos e em alemao.

Alguém duvida da minha felicidade incontrolável no dia que tudo acabar?!

Quero agradecer o voto de voces na minha luminária!!! Se voces quiserem, passem lá no site da Bonfa pra verem os ganhadores!

ps: Querida Nhá Chica, caso voce ainda passe por aqui, gostaria de agradecer pelo seu comentário tao fofo e obrigada pelo voto! Infelizmente nao sei se voce tem um blog, se sim, me comunique aqui!

Beijos a todos e boa semana!

28 de jun de 2010

Luminárias - o concurso!

Já faz algum tempo eu acompanho direto o blog "Casos e Coisas da Bonfa" da designer Katia Bonfadini. O blog eu acho m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o e a Katia mostra pros leitores sempre as festinhas que ela faz na casa dela, o jeito que ela prepara tudo, apresenta mil idéias super legais pra diversas ocasioes. É aquele tipo de Blog que se percebe que cada post é feito com muito carinho.

Há, acredito que, um mes atrás a Katia lancou um concurso. O concurso era na verdade pra elaborar uma luminária bem diferente: a cúpula feita com papel (ou outros materiais), colocada sobre uma taca de vinho e dentro dela, uma velinha pra emitir luz . Ela deixou a disposicao um molde e os participantes podiam fazer o download e usar a criatividade do jeito que quisessem. Eu achei a idéia super legal e resolvi participar!

Olhem as minhas luminárias aqui:



E aí, voces gostaram??

Entao passem no blog da Katia e votem na minha luminária, que é a de número 14, que eu vou ficar muuuito feliz =)

Se voces quiserem também podem baixar o molde e fazer a luminária de voces! Eu mesma já vou fazer, assim que estiver de férias, algumas pra deixar em uma gaveta e usar de acordo com a ocasiao! Pra dar de presente também acho lindo! Passem aqui que a Katia ensina tudinho!

E pra terem idéias pra customizar a luminária de voces, estao aqui as 54 luminárias que a Katia recebeu por e-mail e que estao participando do concurso.

Beijos e depois eu conto resultado!

22 de jun de 2010

O dia do show

Como eu contei pra voces nesse post aqui, ontem foi o tao esperado show da Tegan and Sara.

Eu fui ontem pra aula, resolvi umas coisinhas na rua e voltei pra casa. Separei minhas roupas, fiz uns sanduíches pra eu e o Stefan comermos rapidinho, aí ele chegou do trabalho, comemos e fomos!

Chegando no local a fila pra entrar tava enorme e dava pra perceber que o grupo que conhece e paga pra ir pra um show delas é bem seleto e composto 85% por mulheres.

No hall de entrada compramos uma cerveja e escutamos o pessoal gritando: alguém estava no palco. Eu, desesperada achando que tinha perdido a entrada delas no palco, puxei o Stefan e fomos correndo procurar nossos lugares (quando comprei o ingresso só tinha lugar vago na área pra sentar).

Mas quem estava tocando nao eram elas e sim a Nova Iorquina Hesta Prynn que até entao, eu nao conhecia. A música, como ela mesmo divulga, é um electro-hi-hop-art-rock. A presenca dela no palco é maravilhosa, ela danca, faz umas poses e conversa muito com o público. O estilo dela é bem diferente do de Tegan and Sara, mas nao é a primeira Tour delas que Hesta Prynn acompanha. Vale a pena dar uma olhadinha no site dela e deixar umas músicas tocarem. O que achei mais o máximo de tudo, foi que no final do show ela estava no Hall de entrada num stand vendendo os CDs dela por 5 €, autografando e conversando com o pessoal. Por isso que amo esses shows alternativos que os cantores de "estrelas" nao tem nada.



Depois comecou o show de Tegan and Sara. O Tour na Europa comecou na Irlanda, passou pra Holanda, Alemanha e está indo pra Bélgica e Reino Unido. De todos os shows na Europa, em Frankfurt foi o único onde os ingressos estavam sold out e o pessoal estava animadíssimo!!!! As meninas também conversaram diversas vezes com o público e tocaram desde as clássicas até a nova música Alligator.



Eu cantei o show inteiro, dancei e aproveitei. O Stefan, tadinho, que nao conhecia uma música, disse que adorou me ver aproveitando o show e disse que ele faz mais o estilo de música da Hesta e nao da Tegan and Sara. Tudo bem, eu respeito!!

Pra voces uns vídeos do Youtube do show de ontem:

Clássicas: Where does the good go + Speak slow (no min. 2 do vídeo ela pede pro público cantar e fala que o sotaque dos alemaes falando ingles é fofo)


A mais nova: Alligator


Elas conversando com o público:


E que venha o próximo show que vou em agosto: U2!!

17 de jun de 2010

Olé, olé, olé, oláááá!

Ai gente eu queria ter escrito esse post ontem, mas por questoes de "time management", ontem foi um dia perdido pra mim.

Como a maioria sabe, o primeiro jogo do Brasil na Copa desse ano foi visto aqui em casa. Nós éramos 11 pessoas: 5 meninas brasileiras e 6 meninos alemaes. Eu comecei os preparativos cedo aqui em casa, saí pro supermercado, pendurei bandeiras onde eu pude e comecei a preparar algumas comilancas.

Minha declaracao de amor ao Brasil até na cozinha!

Fazendo brigadeiro

Ao decorrer da preparacao fui ficando nervosa de realizar que meu Brasil ia jogar logo, logo. Eu nao sou A amante do futebol, mas Copa é uma coisa que eu amo e ainda mais agora, estando longe do meu país, o orgulho e torcida acho que só aumentam.

Por volta das 19h o pessoal comecou a chegar aqui em casa e aí foi só festa....

O comeco de tudo...

Animacao comprometida pelo nervosismo

Até que enfim um gol!!!

Eu confesso que no fim do jogo todos nós estávamos super, mas suuuper tristes. Porque venhamos e convenhamos, o Brasil jogou super mal.... Mas o que importa é que os nossos 3 pontos estao lá e que todos nós temos muita certeza de que o time vai acordar e jogar mais em time mesmo. Porque o que pareceu é que cada um alí tava jogando por sí e nao em espírito de time.

Ligacao de fim de noite pro meu Pai =)

Enquanto isso eu fico aqui em casa estudando igual a uma louca (tenho provas em um mes!) e me preparo pro nosso jogo de domingo, onde vamos fazer um churrascao por aqui em algum lugar que ainda nao sei onde e depois ver o jogo juntos.

ps1: Socorro, a Argentina acabou de golear a Coréia do Sul com 4 x 1. Hilfeeeeeeee!

ps2: viram na foto do brigadeiro que os temperos estao em duas prateleiras de metal? Eu cheguei em casa um dia e o Stefan tinha comprado as duas na loja indiana e já colocado na parede. Ficou fofo, nao?!