16 de fev de 2010

Atualizando...

A última semana foi uma loucura só!

Final de semestre, trabalhos pra terminar de escrever, corrigir, entregar e a preparacao TUDO pra chegada do meu pai e da Cris (a namorada dele) em casa.

Lista de compras com tudo o que eles ainda nao comeram pra compras, arrumar a casa, limpar, deixar tudo lindo e arrumar as malas, porque dois dias depois iríamos comecar o grande tour pela Europa.

Paris - Roma - Veneza - Berlim

Estamos desde domingo em Paris e o resultado é: muitas fotos, altas compras e um pai que hoje ficou no Hotel com o joelho doendo de tanto andar.

Fico por aqui e as atualizacoes da viagem acontecem só após o dia 27.

Au revoir!

8 de fev de 2010

Perda...

Pra quem nao sabe, eu tenho um casal de coelhinhos muito fofos, o Paco e a Rosa =)

Eis que no sábado, estava eu de molho em casa tentando terminar meu trabalho pra Uni que tenho que entragar essa semana e quando fui fazer uma pausa, ví que a Rosa nao estava mais pulando pela casa e sim quietinha na gaiola, como eu quase nunca a vejo.

Fui lá fazer um carinho e dei pouca importancia, mas até cheguei a comentar com o Stefan sobre o comportamento dela....
Eis que fomos fazer as compras de supermercado e quando volto.... A minha Rosinha estava morta na gaiola.
Obviamente fiquei mais do que arrasada, chorei, chorei e chorei. Pesquisei as possíveis causas da morta dela na internet. Mas enfim... nao adiantava, ela nao estava mais aqui alegrando a casa...
Como o Paco nao pode ficar sozinho, estava desde entao a procura de uma nova "namorada" pra ele... Até que achamos. O nome dela é Vanille (em portugues Baunilha) e vamos traze-la pra casa no início de marco.
Pela Rosa eu sinto muitíssimo, ela está fazendo uma falta absurda, mas espero que onde quer que ela esteja, que esteja bem... E espero que o Paco também fique bem, porque os dois eram apaixonadíssimos um pelo outro.

Quem nunca teve experiencia com coelho, mal sabe como eles sao fofos e como realmente mudam o clima da casa. Nunca vou esquecer do quao sapeca a Rosa era, só aprontava!
E fica a saudade eterna....